O Que Joguei no Natal de 2017

O Que Joguei no Natal de 2017
Partilha este post

O Que Joguei no Natal de 2017? Vários jogos. Sim, caso ainda não tenhas reparado – e isso pode acontecer e não há mal nenhum – sou um gamer genuíno da cabeça aos pés. Apesar de encontrares aqui conteúdo variado no blog. Mas isso é porque eu gosto de várias coisas e aqui aproveito para as partilhar. Eu não ligo ao Natal. Nada mesmo. Mas como foi um dia de não fazer nada, vou aproveitar o para matar o vício. Aqui partilho contigo o que joguei.

O Que Joguei no Natal de 2017

O Que Joguei no Natal de 2017 acontece muito por culpa dos preços loucos e promoções que acontecem na Steam por esta altura do ano, e não só. Acontece também porque alguns estúdios resolveram oferecer jogos já com uns aninhos mas ainda assim a qualidade visual dos mesmos e a experiência está lá intocável.

E acontece também porque não me apeteceu estar um dia inteiro a encher o estômago para ganhar 500kg. Não!  Isso é para outra gente. Sim, a como a Orca da piggy me! 700 toneladas de sushi por mês estreito abaixo! Mas isso é assunto para outra altura. Eu gosto mesmo de de estar em forma, com o peso certo e não ter vergonha de mim mesmo e do que sou.

Sonic & All-Stars Racing Tansformed

O Que Joguei no Natal de 2017

Bem, este jogo é ultra viciante. Ainda mais do que o Sonic & Sega All-Stars Racing. Se gostas de Mario Kart ou similares então quando deitares as mãos a este vais ficar deliciado. Várias pistas detalhadas e com muita acção a acontecer durante as corridas. Vários modos de jogo. Vários personagens para jogar e outros tantos para desbloquear. E ainda mais personagens via DLC. Já tinha adquirido o DLC do Metal Sonic que também incluía uma nova pista inspirada no jogo OutRun.

Para além de tudo acima mencionado podes jogar localmente, on-line, em LAN e até localmente ou em LAN com mais amigos. Dezenas de horas e muito replay value. E o preço deste jogo não é impeditivo.

Far Cry 3

O Que Joguei no Natal de 2017

A série Far Cry é conhecida pela sua fórmula de sucesso. Cada novo jogo pega no conceito de mundo aberto em sandbox e dá liberdade total ao jogador. Em Far Cry 3 estamos numa ilha paradisíaca com grandes paisagens e temperatura indicada para a festa. Mas o problema é que a ilha está tomada por piratas que raptam e exigem elevados valores de resgate. Isto quando não optam por pura e simplesmente matar os turistas capturados.

Andar a pé, de jipe, de barco, mota de água… A escolha é tua. Podes andar a explorar livremente a ilha ou seguir as missões que dão continuidade à história. Neste jogo tens também modo cooperativo e multiplayer para partidas competitivas. Visualmente é muito bom e a jogabilidade, seja a condução, exploração e tiroteios estão acima da média do que se vê em jogos idênticos. Estava em promoção na Steam e lá fui eu aproveitar. Futuramente vou comprar Far Cry 4. E depois então Far Cry 5.

Fortnite Battle Royale

Fortnite Battle Royale os Primeiros 30 Minutos

O género Battle Royale está na moda e os jogos dentro desta categoria parecem cogumelos. Agora dentro desta categoria os jogos que se podem dizer que são uma boa experiência de jogo sem bugs, sem lag e sem dessincronização… O Fortnite Battle Royale é até ao momento a melhor experiência de jogo neste género que já tive. Sim, não é exagero nem brincadeira. O jogo utiliza o mesmo motor gráfico de PUBG e H1Z1. Mas onde os dois anteriormente mencionados falham, este mostra que está anos-luz à frente. Uma experiência suave, sem lag, sem bugs e sem dessincronização. Sim, é possível.

A parte que menos me interessa é a mecânica muito à lá Minecraft. Mas de resto está muito acima do que fazem os líderes do género. E o melhor de tudo é que o jogo é gratuito. Por isso não percas tempo e descarrega já para experimentares. Isto se gostas de jogos Battle Royale e não estás para morrer constantemente sem aprenderes nada ou terem uma evolução no jogo.

Assassin’s Creed IV Black Flag

O Que Joguei no Natal de 2017

Oferta de Natal da Ubisoft. Se não aproveitaste é porque estavas a dormir. A Ubisoft este Natal estava com as mãos largas. E nestas alturas é de aproveitar as ofertas. Assassin’s Creed é uma das mais marcantes séries de jogos para consola e PC. Com os seus altos e baixos. Talvez mais baixos do que altos, mas é certo que continua a ser rentável. Tão rentável que a Ubisoft resolveu oferecer Assassin’s Creed IV Black Flag.

Confesso que tenho uma certa paixão por esta série, apesar de reconhecer que a Ubisoft conseguiu estragar a continuidade do enredo. Mas isso é outra conversa. Com esta mecânica de barcos e batalha naval só joguei Assassin’s Creed Rogue. Não joguei Assassin’s Creed III, que foi o título que introduziu esta mecânica, nem o aqui mencionado Black Flag. A ordem cronológica destes jogos é: Assassin’s Creed IV Black Flag, Assassin’s Creed Rogue e termina este arco com Assassin’s Creed III. Sim, um pouco confuso mas esclareçam isso com a Ubisoft.

Watch Dogs

O Que Joguei no Natal de 2017

Outra oferta de Natal da Ubisoft. Se também não aproveitaste esta estavas com o sono mesmo pesado. Eu quando durmo demais também tenho a tendência para perder muita coisa boa. Prioridades. Eu quando não estou acordado o que mais gosto de fazer é dormir. Watch Dogs segue a fórmula Ubisoft. Um jogo sandbox com liberdade de movimentos que tem lugar na cidade de Chicago. Aqui estamos no mundo e cultura hacking.

Somos um hacker que teve a sua vida destruída e está a tentar fazer algum sentido de tudo e descobrir porque aconteceu o que aconteceu. Como noutros jogos do género open world aqui podemos andar a seguir a história, missões secundárias ou pura e simplesmente a vaguear pela cidade de Chicago.

Podes Jogar Comigo

O Que Joguei no Natal de 2017

Queres jogar com o PUMPUM, queres? Podes, eu deixo. Estou sempre aberto a nova companhia para aventuras nos mais diferentes jogos multiplayer do momento. E não é difícil chegares até mim para termos umas boas horas de jogo. Basta teres conta na Steam, UPlay ou Epic Games. E depois enviares pedido e tenho todo o gosto em adicionar-te aos meus contactos nessas plataformas.

Na Steam podemos jogar em conjunto CSGO, PUBG, H1Z1 ou Astroneer. No UPlay podemos jogar Rainbow 6 Siege. Na Epic Games podemos jogar Fortnite Battle Royale. As opções são várias. E se tens sugestões para outros jogos é só sugerires. Estou sempre aberto a novas descobertas. E a minha colecção de jogos está sempre a aumentar.

O convite está feito. Não fiques na sombra. Salta daí e vamos em conjunto dominar um sistema solar ou rebentar crânio nos diferentes mapas. Isto foi o que joguei no Natal de 2017.

O Que Joguei no Natal de 2017

E este artigo contemplou o que joguei no Natal de 2017. E tu, o que jogaste no Natal? Que jogos compraste? Que jogos recebeste? Algum dos acima mencionados? Partilha em baixo nos comentários. Tenho todo o gosto em ler e responder. Não te esqueças de seguir o blog do PUMPUM nas redes sociais. E se gostas deste artigo partilha pelos teus amigos e contactos. Fica bem e até ao próximo artigo!

Comentários

Partilha este post