Encontrar Dumb Bitches na Blogosfera


Partilha este artigo nas redes sociais

Encontrar dumb bitches na blogosfera já nem requer pesquisa. Não. Elas são tantas, estão por todo o lado, que tornou-se impossível não as ver em acção. E acção é a palavra correcta. Pela minha observação algumas dumb bitches são do sexo masculino. Ou assim parecem ser. São vitimas de um problema recorrente que acontece quando não se quer sair do armário, ou se fica entalado na porta dele. A grande maioria das dumb bitches que vejo pela blogosfera até são do sexo feminino. E é uma batalha campal recorrente por atenção, falsa vitimização, deturpação, hipocrisia, egoísmo doentio, mentira e encabrestamento ignorante.

Encontrar Dumb Bitches na Blogosfera

Tenho estado a observar todo este lixo que corrói e destrói a blogosfera, silenciosamente no meu canto. Agora não consigo conter mais. O grau de delírio em que tropeço regularmente não pára de subir. A busca incessante e sempre travão por protagonismo destas dumb bitches que encontraram na blogosfera um refúgio para a sua ignorância e vazio. E pior do que isso. Encontraram claque que alimenta, valida e vibra com lixo humano e o mais baixo nível. Tudo por uns cliques, comentários cheios de nada e elogios hipócritas. Encontrar dumb bitches na blogosfera não é complicado. É tão comum que até por acidente se tropeça nelas, e nalguns casos, neles.

De onde vem a vontade ou a necessidade de criar, alimentar ou entrar em dramas criados a partir de nada? E quando digo nada é mesmo nada. Daqueles não-assuntos. Daquilo que não vimos nem sabemos, mas por vontade em agradar, ou parecer mais bonito ou bonita do que os outros, nos metemos só porque sim. Porque nos queremos sentir aceites e validados por alguém a quem colocámos num pedestal sem se saber por quê. Será por se ter uma auto-estima tão em baixo? Será que vale a pena o rebaixamento e venda do quem se é e no que se acredita de verdade só para fazer parte do grupo? Mas esse grupo não quer saber de nós.

Casos Concretos de Dumb Bitchismo

Isso está assim tão mau de visitas para se estar sempre as bater na mesma tecla? É que para quem se gaba tanto de ter tantos números, este comportamento denuncia de forma clara o contrário. É tudo uma questão de raciocínio lógico. Mas para ter raciocínio lógico não só é necessário ter um cérebro, como o mesmo estar em pleno funcionamento com um QI aceitável. Podes dizer que o PUMPUM é mau. E já agora podes chorar. Até podes fazer dezenas de Instastories sobre o que escrevi aqui. Não deixas de ser dumb bitch por isso. Só comprova para lá de qualquer dúvida que o és. Não te esqueças, a gonorreia tem cura. Já a verborreia não tanto. Não crias conteúdo. Debitas lixo para os data centers das plataformas que utilizas.

Todo e toda a dumb bitch que anda pela blogosfera está sempre a inventar. Não consegue falar de um tema genuíno, e muito menos de forma genuína. E porquê? Porque não têm opinião própria. Andam como o cata vento. Vira para o lado da corrente. O que hoje é, se amanhã virar para outro lado, deixa do o ser. E assim sucessivamente. Contactarem a marca x ou y e não receberam o que queriam? Vai um post e instastories a difamar e a mentir descomplexadamente sobre marca. E a claque delirante a ir atrás. Se isto não é sintoma de alguma demência mental não sei o que será.

Isto é uma táctica cada vez mais em uso. Isto até apanharem alguma marca com tempo e paciência para lhes meter um processo por difamação, que é rápida e facilmente ganho, para acalmarem com a mentira patológica como forma de estar e de forma de bullying. Isto sim é bullying. É que fazem aquilo que inventam de que são vítima para receberem atenção e pena da claque sem viva. Que não vive a sua vida. Passa a vida a viver destes e destas dumb bitches que mais não são do que falsos ídolos. Sociopatas. Adjectivos não são insultos por muito que sirvam para se fazer um drama para manterem o tal status de “influência”. Não confundir influência com má influência. São duas coisas completamente distintas e há que chamar os bois, e vacas, pelos nomes.

Encontrar Dumb Bitches na Blogosfera

Encontrar dumb bitches na blogosfera. Consegues explicar essa doença de se estar predisposto a acreditar numa deturpação, numa mentira, sabendo de antemão que algo o é? Eu não consigo perceber como há pessoas que se dão a esse triste papel. De conscientemente serem idiotas úteis que nunca vão ser nada nem ninguém por muito que pensem que o são, que digam que o são, que sonhem que o são. Mas não são. E todos os dias a realidade diz-lhes isso. Mas o estado de negação é muito forte. E porquê? Porque o destino final é a tal “fama”. É o creme, é o champô, o batón, o ir comer de borla, o ir beber de borla, etc…

Não são gente, nem querem ser gente. Querem parecer que são gente, que são de uma casta superior a tudo e a todos. Até de quem dizem ser amigos, de quem fazem de conta que são amigos para alimentarem o seu ego e verem o seu ego alimentado em retorno. Mostrar que são mais por supostamente terem mais coisinhas que o resto de nós. Que existência tão miserável… É isto que preenche o enorme vazio desta gente que não é nada nem ninguém. Não sabem ser nem estar em local algum, online ou offline.

A Limpeza Necessária

A limpeza cabe a todos nós. A mim e a ti. Enquanto reinar o medo destes e destas falsas divindades da blogosfera a corrida vai ser sempre para o fundo. A cobardia, o silêncio cúmplice, o fazer de conta que não se vê o que está à frente dos olhos, nada disto é solução. Eu não sou parte desse lixo. Não vou fazer parte. Não vou compactuar com ele. E muito menos o vou validar por estar calado. É urgente essa gente sem valores e sem vida ser corrida à vassourada da blogosfera para que o ar se torne respirável e o espaço seja devidamente respeitado. Por isso bem podem chover bocas e boquinhas que não me calo. Aliás, só vão estar a dar-me mais visibilidade e força.

Sim, são uns e umas dumb bitches! Eu não escrevo para agradar e muito menos para prestar vassalagem. Não sou propriedade de ninguém. Nem preciso de ninguém para chegar onde quero com o meu blog e com os projectos a que me proponho. Não estou à venda. Meteram-se na blogosfera porque pensaram, ou alguém lhes disse, que era fama, dinheiro e produtos de forma fácil. A blogosfera não é isso. Ou não deve ser isso. Isso deve ser o acessório e não o principal. Eu gosto de ter à minha volta pessoas que quando lhes pergunto algo dizem o que preciso de ouvir. E não o que quero ouvir para continuar a viver num mundo de fantasia.

Quero a Tua Opinião

Encontrar dumb bitches na blogosfera. Já encontraste? Concordas ou não com parte ou o todo do que escrevi? És livre de dar a tua opinião em baixo nos comentários. Tenho todo o gosto em ler e responder. E com isso gerar um diálogo construtivo com diferentes pontos de vista. Se gostas do blog e dos artigos não te esqueças de os partilhar pelas redes sociais. Se não segues o PUMPUM nas diferentes sociais já o devias seguir. Há sempre exclusivos em cada uma delas de forma regular.

 

Comentários

Partilha este artigo nas redes sociais