As conversa à volta do Artigo 13 já atingiram o pico e agora, pouco-a-pouco, a febre está a passar. Atingiu um ponto de delírio tal que a nível pessoal, e infelizmente, veio comprovar algo que não queria ter como facto. A nossa espécie está mesmo à beira do abismo. Todo o discurso, ou falta dele, a irracionalidade, o tribalismo mais primário e primata, veio ao cimo sem qualquer filtro ou pudor. Cá vai a minha partilha sobre todos estes acontecimentos.

ARTIGO 13

Eu tinha dito que ia escrever sobre o tema Artigo 13, e para além disso até tive a minha perda de tempo nas redes sociais ao tentar esclarecer em vez de pedalar ficção. Mas era e é impossível querer falar e debater com base em factos. As pessoas estão muito mais interessadas em viver num mundo de fantasia. E procurar, por todos os meios, a validação dessa fantasia. Seja sob que forma for, por quem for e onde for. Tem é que estar validada a fantasia. Ir à fonte do tema e informação factual é que não.

O PUMPUM tropeçou, e continua a tropeçar, em tanta baboseira, desinformação e – no pior – mentira pura e dura. É que não se pode dizer que não se sabe ou não se sabia. A informação sobre este assunto, e tantos outros, está livremente acessível e sem barreiras na internet. É só procurar. Mas para quê procurar o que nos informa se dá mais interesse e fama dizer mentiras e absurdidades? Porquê meter factos num debate tão importante quando a fantasia e mentiras sobre o Artigo 13 dão mais atenção a dinheiro?

Mas atenção. O dinheiro só dão a alguns, muitos poucos. E 99,999% de quem anda a pedalar esta ficção como se fosse dono, ou dona, dos factos está claramente a mentir. E não pode usar a desculpa do não saber bem, ou isto ou aquilo. Não sabe porque não quer. Optou pela ignorância. Achas mesmo que os interesses de milionários e multinacionais milionárias são os mesmos que os teus interesses?

São eles que estão e vão zelar pelo teu bem-estar? A sério que é isso, para além da tremenda ignorância, que te move? Achas que eles estão mesmo interessados e a querem repartir os seus milhões contigo? És infantil e demente a esse ponto de ser tão facilmente manipulado ou manipulada e instrumentalizada para servir os interesses de terceiros?

SINTOMA DE UM PROBLEMA MAIOR

O Artigo 13, do ponto de vista do PUMPUM é o sintoma de um problema maior. De outros problemas maiores que afectam a nossa sociedade. Toda a gente fala de tudo, mas não sabe de nada. Nem das partes mais elementares e básicas de qualquer tema. É assustador. A ignorância é tão grande mas a vontade de aparecer e parecer um intelectual é tão grande que faz confusão. As prioridades estão completamente trocadas. 

Com o tema do Artigo 13 ficou a nú que: não se lê ou leu sobre o que se fala. Também não se sabe como funcionam as Instituições Europeias das quais Portugal faz parte. Não sabem que existe uma União Europeia, uma União Monetária, uma União Bancária Europeia, que existe um Parlamento Europeu, que existe uma Comissão Europeia, um Conselho Europeu e ainda o Eurogrupo.

Bem, não sabem nada de nada do mundo real em que estão inseridos e de como funciona. Alguém até poderá perguntar, e não ofende, o que é que esta gente anda a fazer à face do planeta Terra. Resta perceber se acham que é redonda ou plana, porque a ignorância é tal que o Conhecimento, tal como o Intelecto, estão a regredir para níveis pré-históricos. Mas se calhar eu é que estou errado eu dar nota disto e não seguir a moda de quanto mais ignorante é melhor.

Não sei melhor em quê. Mas no meio de tanta ignorância existem muitos que conseguem tirar partido disso para os seus interesses mesquinhos. E muita gente há que quer fazer parte disso. Estar contra os seus próprios interesses, porque o vazio interior é tal que o melhor é andar a viver a vida dos outros. Sim, vivem a vida dos outros sem terem nada a ver nem beneficiar com isso. Mas andam a pedalar essa ficção. E ai de ti que dês a alfinetada para acordar.

IGNORÂNCIA COMO VIRTUDE

Artigo 13 também colocou completamente a nú que a ignorância está cada vez mais na categoria de virtude. Assusta. Eu até digo a mim mesmo que trazer um filho a este mundo é um acto de completa insanidade. Trazer um Ser Humano para lidar com tanta  ignorância consciente, fomentada e incentivada como norma. E como virtude! Eu como Pai alguma vez me ia  sentir bem? Eu com Pai alguma vez quer sentir ou ter a responsabilidade de tal acto?

PUMPUM é que não vislumbra melhoras. É uma selva o que vejo no mundo real e também no virtual É que no mundo virtual os filtros e barreiras, se bem que mínimas, do  mundo real desaparecem por completo As Tribos Bárbaras andam completamente à solta. Estamos numa era em que ser-se ignorante é cada vez mais aceite como normal. E quem é pode e deve sê-lo. É só ter pena e dar um desconto. Aceitar tudo o que fazem como culpa de seja lá quem for e deixar andar.

FALSAS EQUIVALÊNCIAS

O Artigo 13, pelo que o PUMPUM lei nas propostas finais que foram debatidas e aprovadas pelos Deputados dos 17 Estados-Membro da União Europeia na sessão de 12 de Setembro de 2018 no Parlamento Europeu, tem ali algum sinal de alarme para o criador de conteúdo comum, ou para o utilizador comum? Não, não tem. Algo que se possa dizer que abre portas a censurar conteúdo? Não. Pelo menos, do que lá está, passa a ter força de Lei o que algumas plataformas já fazem de livre vontade sem terem sido obrigadas por legislação europeia para o fazer.

Não percebo como é que estas plataformas que andam a arregimentar os seus utilizadores ignorantes para as defender estão tão escandalizados por uma lei dizer para fazerem o que já fazem sem existir essa lei a nível dos 27 Estados-Membro da União Europeia. Confuso? Sim, a ideia destas multi-nacionais é essa mesma. Confundir e meter medo. Então não querem cumprir uma lei que diz para fazerem o que já fazem? Mas é disso que estamos a falar.

O Artigo 13 não tem nada a ver com o Trump, nem com o Brexit e muito menos com Bolsonaro. Vi isto escrito e repetido por pessoas que até me mereciam mais consideração intelectual mas que revelaram não ter espinha dorsal para entrarem nesta moda e tirarem os seus dividendos. Que decepção. Completos e completas ignorantes e anormais que procuram fama a todo o custo e dinheiro fácil. E também receber umas coisinhas de uma empresa e de empresas grandes só porque se atiram para a frente a lamber as botas e os cús.

Tenham vergonha e respeito! Se não por vocês, pelo menos por quem vos segue e acredita no que vocês dizem. Desde quando é que mentir aos fãs, seguidores e subscritores se tornou normal e aceitável? Não misturem assuntos importantes que nada têm entre si só para desconversarem e poluir um debate que deve ser sério. Um debate sobre cada um desses temas.

RECRUTAMENTO DEMENTE

Porque é que quando estes dementes falam do Artigo 13 nunca mostram o documento onde o mesmo está e com qual das três alíneas discordam e porquê? Porque é que acham que está mal neste ou naquele ponto? Não dizem nada disso, porque ao contrário do PUMPUM, nunca leram nada do assunto. Não, não leram o documento oficial.

O que é que andaram a ver e a ler? As fantasias gravadas e escritas que não citam o material factual, nem linkam para ele, mas preenche por completo a fantasia que querem ter e manter sobre o assunto. porque com factos não ganham fama nem mais uns euros. Nem ficam bem vistos para uma marca grande lhes dar umas coisas, tal como fossem cães a receber um osso por terem sido meninos e meninas bem comportados.

Porque carga de água é que a tal petição não cita parte ou totalidade do que dizem estar mal no Artigo 13? Porque carga de água uma assunto tão grave como querem fazer deste não tem link directo para o tal documento com as provas, em escrito, daquilo que dizem ser tão mau. É assim tão difícil meter os factos em cima da mesa. Ainda para mais quando dizer que estão cheios de razão! Ou será que se mostrarem realmente o que o artigo em questão diz deixa de haver motivo para alarme e pânico?

E tanta gente anda desesperada por atenção e por cavalgar onde pode aparecer, e que se oferece sem pensar para escrever e dizer todas estas baboseiras. E não se informa nem estuda o assunto. Estão sempre a repetir as mesmas mentiras, mas de forma convicta, para passarem como verdade. Estou para ver quando isto entrar em vigor, e vai entrar e vigor, tudo fica na mesma e depois o que dirão estas figurinhas tristes? 

ARTIGO 13

Fizeram uma bela figura de mongolóide em praça pública e virtual. Como é que se vão limpar disso? Os vossos canais e perfis estão assim tão mal, e alguns até estão para lá de mortos, para ser preciso fazer esta patética prova de vida? Porque é disso que se trata. Não estão preocupados com nada nem com ninguém. Querem apenas o vosso umbigo com mais atenção que o umbigo do vizinho do lado. E este tema caiu que nem uma luva para preencher este espaço.

Sobrevive à selva e ao Apocalipse do Artigo 13 e depois logo se vê o que sobra. Certo é que vou continuar a ter e usar internet sem qualquer tipo de limitação. Tal como tu também vais. Alguns milionários e CEO’s de multi-nacionais é que desejavam continuar a fazer o que querem e como querem fora da lei. Para esse peditório não dou nem entro. E com este tema aprendo a nunca mais me meter no assunto ao tentar meter alguma racionalidade e factos. Não fale a pena. A horda é movida a esterco. Eu, PUMPUM, mais morto ou mais vivo cá estarei.

Fiz numa das minha  livestreams uma leitura calma de tudo o que está em causa no Artigo 13. Estava aberto em grande formato o documento bem como o que cada alínea dizia. Agora parece que o problema já não é o Artigo 13. Parece que o Artigo 11 é pior. Decidam-se. Não tarda nada o perigo é o Artigo 69. Para muitos até é porque andam tanto tempo nisto a mentir e a procurar atenção porque têm falta de sexo.

INTERAGE E DEIXA O TEU COMENTÁRIO

Este é o post sobre o Artigo 13 cargo do PUMPUM. Não estou à espera de ter claque ou validação. Não estou à espera de ter muitos comentários a concordar. Não foi para isso que escrevi. Era para ser sobre o Artigo 13. Mas o Artigo 13 é muito mais do que o Artigo 13. E ninguém quer saber disso. Está tudo muito mais interessado em ter a sua fama a espalhar mentiras e desinformação de temas em troca do ad revenue

Sim, o Artigo 13 merece um debate sério. Não é perfeito. Mas há mesmo muito para falar sobre isto e ninguém está para aí virado. Anda tudo a ver como é que pode pedalar a onda para ter os seus eurinhos. Fica bem. Até ao próximo post aqui no blog do PUMPUM. Podes interagir comigo aqui na caixa de comentários, no servidor no Discord e também nas redes sociais onde estou presente.

Redes Sociais onde estou presente:
Facebook | Twitter | Google+ | Instagram | YouTube | Twitch | Pinterest | Reddit | Tumblr

Elite Club no Discord

PUMPUM WebHS